Social Icons

14 de fev de 2015

Como conseguir um bom emprego na área de TI?


Olá pessoal,

     No artigo de hoje estou escrevendo sobre um assunto que gera muita polêmica em fóruns, blogs e muito sites que vejo pela Internet: Como conseguir um bom emprego na área de TI?

     Normalmente vejo as pessoas questionando sobre como iniciar em uma determinada profissão e outras reclamando sobre a profissão em que trabalha ou sobre a área de TI, em geral. Como o assunto é longo, complexo e bastante polêmico, é necessário filosofar um pouco antes de se aprofundar diretamente nele.



Imagem 01 - Como obter um bom emprego?

     Muitos de nós sabemos que em muitas coisas deste mundo existe uma "dualidade", ou seja, existe o bem o mal, o homem e a mulher, o dia e a noite, o material e o imaterial etc. Se existe o bem e o mal, podemos concluir que existe o bom e o mau profissional, o bom e o mau emprego, certo? Quem é que já não teve dificuldades de encontrar um bom profissional para arrumar o seu carro ou para tratar da sua saúde? Atualmente levo meu carro para arrumar em uma determinada oficina mecânica porque eles conseguiram resolver facilmente os últimos problemas do meu carro, porém já tive problemas em algumas oficinas onde o mecânico mexia, trocava peças e não resolvia nada! E você, nunca passou por situação parecida com o seu carro, com a sua saúde ou com qualquer outra coisa que você precisou arrumar? Eu acredito que sim, porque no mundo existem muitos bons e maus profissionais! Eu por exemplo, demorei, mas encontrei uma boa oficina mecânica e bons médicos para atender a minha família! Na minha experiência pessoal, digo que não foi muito fácil encontrar estes bons profissionais!
   
     Agora vem a parte principal da estória: onde eu quero chegar com isso? Eu quero te dizer que no mundo e até mesmo no Brasil, país onde você mora (a maioria dos leitores do meu blog são brasileiros), existem bons profissionais e bons empregos! Quer uma prova disso? Pergunte ao seu amigo ou aquele conhecido que você vê sempre sorrindo, ou que no mínimo é sempre otimista, se ele não está contente com o seu emprego. Não conhece ninguém com esse perfil? Bom... então acredite na minha estória ou faça uma pesquisa na Internet. Procure no site Adzuna por empregos com a palavra-chave PL/SQL. Para muitas pessoas, bom emprego é aquele que paga um salário alto e mau emprego é aquele que paga um salário baixo. Na Imagem 01 (ver abaixo)  encontrei logo na 1ª página de resultados da pesquisa, vagas para Desenvolvedor PL/SQL com salários de 1 mil a 2 mil reais (valor baixo para a profissão) e de 8 mil a 9 mil reais (valor muito bom para a profissão):
   
Imagem 01 - 940 vagas do site Adzuna p/ profissionais com conhecimentos de PL/SQL 
 
     Agora digo mais uma vez, onde eu quero chegar com isso? Eu quero lhe dizer que existem bons empregos e que qualquer um pode conseguir um deles! Não dê atenção somente aos reclamões que dizem que a área de TI é ruim, está saturada etc. Em qualquer área existe gente descontente e contente, então porque ouvir somente quem fala coisas ruins? Você quer saber então o que fazer para conseguir um bom emprego (e ficar contente com ele)? Então veja abaixo as minhas dicas pessoais:

1- Não dê atenção aos reclamões ou pessimistas:
     Se você conhece algum reclamão ou pessimista, fique longe deles, ou no mínimo não dê atenção ao que eles estão falando. Reclamar normalmente não resolve os problemas de ninguém, muito menos o de um emprego ruim. Se você quer um bom emprego ou no mínimo um emprego melhor do que o atual, não reclame, vá atrás deles... antes, porém, veja se você tem o perfil adequado e se você está preparado para essa nova jornada (falarei mais sobre isso nos próximos itens)

2- Identifique se você tem o perfil da profissão atual ou profissão desejada:
     Se você é um desses reclamões que eu comentei no item anterior, que vive reclamando e que não teve apenas uma insatisfação temporária, será que você não está na profissão errada? As pessoas que realmente gostam do que fazem raramente reclamam do seu trabalho. Eu, inclusive, sou uma dessas pessoas! Procure sempre uma profissão adequada ao seu perfil. Se você não gosta de se comunicar com muita gente, não adianta tentar ser Vendedor. Se você não gosta de matemática, não adianta tentar entrar em um curso de Engenharia. Se você não gosta de estudar a Língua Portuguesa ou qualquer outro idioma, não adianta tentar ser Escritor. As dicas que eu normalmente dou para quem pensa em entrar na área de TI são: "Não pense no salário em primeiro lugar. Leia e estude muito, pois essa área sofre mudanças muito rápidas. Se você não gosta de Matemática provavelmente você não gosta de raciocínio lógico, por isso não gostará de ser Desenvolvedor ou DBA.". Já tive alunos que trabalhavam na área administrativa e que tinham amigos ou conhecidos que trabalhavam na área de TI e que indicaram a eles trabalhar como DBA porque o salário era bom. Estes alunos investiram em treinamentos de Administração de Banco de Dados somente por causa da possibilidade de ter um bom salário na profissão de DBA, e agora eu lhe faço uma pergunta, você acha que eles fizeram uma boa escolha? Eu acho que não, principalmente porque pude notar que eles não se concentravam nas aulas. Eles não tinham nem os conhecimentos básicos para estarem participando daquele curso, então me parece que ficaram se sentindo peixes fora d´água. Ao terminar as aulas eles vinham tirar dúvidas comigo e eu tentava ajudá-los, sempre alertando de que antes de pensar no salário, o importante era ter o perfil daquela profissão. Se você tem o perfil apropriado você trabalhará com prazer e estudará aquilo que é necessário. Se você tiver também iniciativa (falarei sobre isso no item 4), você naturalmente irá fazer progressos naquela profissão. O bom salário ou bom emprego será consequência da suas ações e suas (boas) escolhas!

3- Capacite-se:
     Ter qualificação é essencial para você ter um bom emprego! Vou falar mais sobre isso com o seguinte exemplo: Uma determinada pessoa que nunca participou de um curso de Java, não estudou inglês, nunca trabalhou na área de TI e só porque está cursando o Superior e leu uma apostila sobre como programar em Java, acha que vai conseguir seu primeiro emprego de Desenvolvedor Java ganhando 4 mil reais! Algumas pessoas até conseguem, e nem vou entrar nos detalhes do porquê isso pode acontecer, mas a probabilidade disso acontecer é mínima, então não dá para confiar na sorte! Eu nunca aguardei a sorte, eu acredito muito mais no esforço e trabalho, então estude, mas estude de verdade, para realmente aprender! Alguns aprendem mais rápido, outros demoram mais. Alguns são autodidatas e conseguem aprender apenas com livros e apostilas, outros precisam de ajuda e querem aprender mais rápido, portanto contratam cursos e treinamentos. Eu, por exemplo, aprendo rápido aquilo que eu gosto. Tem assuntos que prefiro aprender lendo livros e documentações técnicas, mas tem outros, muitas vezes mais complexos ou críticos, que procuro treinamentos com profissionais que tenham experiência naquele assunto e que possam me ajudar a aprender de uma forma muito mais simples e rápida. Hoje sou instrutor, mas para chegar até aqui, li muito e fui aluno de dezenas de cursos e treinamentos!

4- Aproveite as oportunidades:
     Não adianta apenas estar bem preparado nos itens anteriores, se você não souber aproveitar as oportunidades. Vou dar um exemplo da minha carreira, para explicar melhor o que quero que você entenda neste item. Assim que terminei de cursar a faculdade, um amigo que estudou comigo, me ligou e disse que existia um programa de treinamentos chamado Perfil 2000 no Centro de Treinamento da antiga parceira da Microsoft, chamada Brás e Figueiredo (atualmente BFBiz), que dava um emprego de Analista Trainee para quem comprasse aquele programa de treinamentos e obtivesse a Certificação MCSD em até 8 meses. Na época eu trabalhava como Analista de Suporte em uma Corretora de Valores, e eu já havia percebido que meu perfil era mais apropriado para trabalhar como Desenvolvedor, do que para trabalhar como Analista de Suporte. Eu descobri que gostava de programar porque nos momentos em que eu fazia aquilo eu não via o tempo passar! Isso acontece normalmente quando a gente faz algo que gostamos, quando estamos nos momentos de lazer, por exemplo! Ao tomar conhecimento daquela oportunidade comunicada pelo meu amigo, fui lá fazer a minha inscrição e tentar uma vaga que tinha mais a ver com o meu perfil. Meu amigo, disse que também iria se inscrever, mas não foi (ele perdeu aquela oportunidade)! Naquela época eu era solteiro, portanto, podia correr riscos de ficar desempregado, então pedi as contas do emprego de Analista de Suporte e fiquei somente estudando para obter a Certificação MCSD dentro do período de 8 meses. Passaram-se 7 meses, tive muitos obstáculos com o agendamento de exames, mas consegui obter a certificação e garantir aquele emprego. Esta foi a oportunidade que eu tive para começar a trabalhar como Desenvolvedor e foi o caminho que me levou a ser hoje um DBA. 
  
     O primeiro emprego em uma profissão é sempre o mais difícil, mas não é impossível alcançá-lo! Corra atrás e aproveite as oportunidades que você encontrar! Normalmente elas não vêm até você, você é quem terá que ir atrás delas! Existem poucas vagas para DBA Jr., vejo muita gente reclamar disso, mas elas existem, pois ninguém contrata como DBA Sr. um profissional que não teve experiência anterior como DBA Jr. ou função similar! Vejo muita gente reclamar do seu emprego atual, mas que não faz nada para mudar. Não vejo essas pessoas serem persistentes em procurar empregos em todos os meios disponíveis, como por exemplo, em um jornal, agências de emprego ou em sites espalhados pela Internet (Catho, Adzuna, LinkedIn etc.). Muitas dessas pessoas ficam aguardando indicações de amigos, ou amigos de amigos, para vagas que talvez nunca sejam abertas. Você é o responsável pelo seu sucesso, então movimente-se para se capacitar e criar as oportunidades! Tem gente que acredita na sorte, mas eu, Fábio Prado, acredito é no esforço e no trabalho contínuo!

     Para ver dicas adicionais, assista ao vídeo abaixo:


             
Bom pessoal, espero que este artigo seja útil!
Se você gostou ou tem alguma dúvida, deixe o seu comentário!

[]s
    

19 comentários:

  1. Ótimo... Simples assim...
    Fábio és um grande mentor profissional...
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danillo, muito obrigado pelos comentários.

      Não sei se sou grande e nem posso afirmar isso pq seria arrogância da minha parte, o que posso afirmar é que eu tento ajudar com um pouco da experiência que eu possuo!

      []s

      Excluir
  2. "Já tive alunos que trabalhavam na área administrativa e que tinham amigos ou conhecidos que trabalhavam na área de TI e que indicaram a eles trabalhar como DBA porque o salário era bom. Estes alunos investiram em treinamentos de Administração de Banco de Dados somente por causa da possibilidade de ter um bom salário na profissão de DBA, e agora eu lhe faço uma pergunta, você acha que eles fizeram uma boa escolha? Eu acho que não, principalmente porque pude notar que eles não se concentravam nas aulas. Eles não tinham nem os conhecimentos básicos para estarem participando daquele curso, então me parece que ficaram se sentindo peixes fora d´água"

    Infelizmente é assim que o mercado de TI funciona nesse pais. Pouco importa se você é um bom profissional ou não. Os RHs não se importam se estão contratando uma pessoa desqualificada para a função, contanto que tenha sido indicada por alguém de dentro da empresa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, acho que isso não é só o mercado de TI, mas também a realidade de muitas outras áreas. E discordo um pouco da sua opinião, existem casos que as pessoas contratam indicações mesmo desqualificadas, mas a maioria exige qualificação!

      Obrigado pelo comentário!

      []s

      Excluir
  3. Fala Fabio!

    Cara... Hoje eu entendo bem de SQL por causa do meu esforço. Mas sempre sinto a necessidade de começar a tirar alguma certificação pra dar aquele plus.

    Infelizmente não ganho o suficiente pra investir nisso, o que me deixa bem frustrado na maioria das vezes que vou procurar tirar alguma.

    Sou formado em administração, e me sinto intimidado por esta na área de TI e sem nenhuma qualificação da área. Hoje eu trabalho com banco de dados, pra ser mais específico, SQL Server, e tenho gostado muito. Tudo que sei, como dito, não fiz nenhum treinamento, aprendi muita coisa lendo e com orientação de colegas de trabalho.

    Bom, preciso muito de uma orientação. Pensa em um cara que anda perdido.
    Pensei em começar uma pós em Gestão de TI ou Arquitetura e Administração de Banco de Dados. Mas acredito que isso não irá me servir tanto no momento. Daí vou procurar as certificações. Bom... Os valores são altíssimos e ai eu fico sem saber o que fazer.

    Me desculpe pelo texto, mas quando vi seu texto acreditei ser a solução dos meus problemas. Bom, agora eu tenho metade de um problema resolvido rs.
    Muito obrigado pelo texto.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá XxXTomXxX,
      Se vc ainda não trabalha na área e diz estar sem grana para investir em certificação, de onde vc vai tirar grana para investir em uma pós-graduação? Tirar uma certificação é muito mais barato do que uma pós-graduação. Para começar vc poderia estudar sozinho (o que dá muito mais trabalho, mas é mais econômico) através de apostilas e materiais que vc encontrar na Internet para a certificação OCE SQL Expert (http://education.oracle.com/pls/web_prod-plq-dad/db_pages.getpage?page_id=654&get_params=p_id:205) com o custo de apenas 1 exame que hoje custaria aprox. R$ 326 reais. Isso já valorizaria o seu CV. Depois, quando surgir mais grana pense na certificação OCP, que vc encontrará mais informações em posts sobre certificação aqui em meu blog, ok?

      []s e boa sorte!

      Excluir
  4. Bom dia Fábio, existe idade para começar na ara de TI, amo muito programação (estou estudando demais, sim tenho muitas dificuldades de memorização das linguagens, mas nunca desisto desta luta), mas estou em uma área totalmente contraria, não ligo pra salários, o pouco pra mim já é suficiente o importante é a oportunidade em aprender e ser um profissional.
    A pergunta é, com sua experiencia eu com os meus 34 anos terei oportunidade como desenvolvedor júnior? Quais dicas você pode me dar?

    obs: sempre acesso seu blog, parabéns.

    Att Joao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduardo, não existe idade certa ou errada p/ entrar na área de TI. Nunca é tarde para se começar algo, principalmente em uma área que falta gente qualificada. Se vc estudar, se dedicar bastante e souber aproveitar as oportunidades, tenho certeza de que conseguirá um emprego nesta área!

      Qto à sua dificuldade, no início é normal... se vc está sentindo que gosta disso, não desista. Desista apenas se vc ver que não é o que vc gosta!

      []s

      Excluir
    2. Muito obrigado pelas palavras, saiba que elas vão me dar muita força e lhe garanto quando realizar muitos objetivos volto aqui pra compartilhar e dizer que sim é possivel.

      abraços e sucesso

      Excluir
    3. Boa sorte e sucesso para vc!

      []s

      Excluir
  5. Excelente post. Espetacular!
    Tenho 29 anos e eu estou estudando ciência da computação.
    Já terminei os cursos de PHP e JavaScript na CodeCademy, quero terminar o curso de SQL e redes de computadores e tenho como meta chegar ao nível avançado de inglês assim q tiver tempo em fazer esse curso.
    Já passei por uma desilusão profissional por ter feito facul de adm q foi a pior coisa q fiz na minha vida e eu cheguei a pensar q estava acabado para o mercado de trabalho.
    Quero lhe fazer uma pergunta:
    Não adianta tentar ser administrador se não gosta do que?
    Pois vc falou q naum adianta tentar vendas se não tem comunicação, não adianta tentar TI e engenharia se vc não gosta de matemática.
    Pois quero encontrar uma resposta para essa pergunta para eu refletir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wellington, obrigado pelos comentários!

      Quando ao ser Administrador, fiz uma pesquisa rápida no google e veja o que eu encontrei: http://www.significados.com.br/administracao/. Neste link vc vai encontrar a definição do que é administrar e um resumo do papel do Administrador. Leia, entenda e veja se é isso que vc gostaria de fazer.

      Muitas vezes, inicialmente, não temos o perfil de uma profissão, mas se a gente bota na cabeça que aquilo é bom para nós e que é aquilo que queremos, com o tempo e dedicação a gente pode também aprender a gostar e "obter" o perfil necessário! Ficou confuso? Deixa eu tentar te explicar melhor... uma pessoa que não sabe se comunicar bem mas decidiu ser Vendedor pq tem um amigo que seguiu essa carreira e teve sucesso (e usou aquele amigo como boa referência), também poderá ser uma boa vendedora, mas ela terá que se dedicar muito para adquirir as habilidades iniciais necessárias. Eu, por exemplo, tenho muita experiência na área de TI, acumulei bastante conhecimento ao longo de quase 2 décadas de estudos e trabalho e nunca tive muita afinidade com a área de Direito. Se de uma hora para outra eu decidir ser Advogado, será que eu seria um bom Advogado? Talvez sim, mas somente se eu me dedicar muito, pois nada sei ainda sobre Direito! Terei que estudar muitos anos para adquirir algum conhecimento e depois começar a trabalhar como Advogado. Irá levar um bom tempo para eu conseguir uma boa colocação nessa área, e se isso realmente acontecer, talvez faltarão poucos anos para eu me aposentar! Resumindo... prefiro continuar na área de TI onde já tenho as habilidades necessárias, tenho uma boa colocação profissional e minhas chances de sucesso são maiores!

      Quando eu digo para você tentar identificar se você tem o Perfil da profissão desejada, na verdade eu estou dando uma dica para você aproveitar seu tempo, dedicando-se a algo que você já está apto, ok?


      []s

      Excluir
    2. Acabei de ler sobre administração.
      É uma coisa que eu não gosto.
      Eu estou em uma outra fase com Ciência da Computação, eu estou no segundo semestre do curso. As oportunidades estão começando a surgir para mim. Vou me matar de estudar para estar com um bom emprego.
      Eu tenho matemática no sangue por causa dos meus irmãos que estudaram na área de exatas.
      Obrigado pelas dicas valiósas e serve para refletir.

      Excluir
  6. Olá fabio, que dicas vc sugere para pessoas que estao capacitadas e querem trabalhar em uma grande empresa , como por exemplo, ser DBA na submarino, lojas americanas e diversos outros segmentos, pergunto isso pq a impressão que dá quando cadastramos curriculum no RH é que nunca vai chegar no departamento de informatica , existe algum tipo de dica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiago, por coincidência eu trabalhei no Submarino e sabe o que eu fiz para conseguir emprego lá?

      Eu estava qualificado, já tinha experiência de nível quase Sênior, e mandei meu CV para eles para preencher uma vaga que vi em algum site pela Internet. As dicas básicas são: qualifique-se, corra atrás das vagas (não fique esperando apenas indicações, como vejo muita gente fazer) e saia-se bem na entrevista. Como se dar bem na entrevista? É simples, pratique indo naquelas de tudo quanto é oportunidade (da sua vaga desejada) que você puder!

      []s

      Excluir
  7. Fábio Prado.
    Gostaria de fazer uma pergunta.
    Você ministra treinamentos na área de infraestrutura e redes de computadores?
    Pois tenho um interesse enorme em me especializar nessa área. Caso não, você conhece algum autor importante de livros nessa área para eu ler?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wellington, redes e infra não é minha especialidade. Trabalhei com o Fábio Hara (https://www.linkedin.com/pub/fabio-hara/7/819/8b3) que hoje trabalha na Microsoft, essa é a área dele, entre em contato com ele para ver ele lhe pode lhe ajudar.

      []s

      []s

      Excluir
  8. Bom dia Fabio Prado!
    Parabéns pelo post, inspirador.
    Iniciei uma graduação em ciência da computação esse semestre, comecei aprender lógica de programação, algoritmos e linguagem C, estou gostando muito disso e se antes estava em dúvida em que profissão seguir, hoje com certeza ela se foi. O meu dilema é, os conhecinentos que tenho até o momento são os que estou adquirindo na faculdade, quero muito entrar na área para poder aperfeiçoar o aprendizado. Qual o melhor caminho para poder conseguir uma vaga sem ter experiências anteriores, o que devo focar em aprender e qual o mínimo que devo saber para poder me sair bem no processo seletivo? Alguns me dizem que desenvolvimento web contrata mais iniciantes, outros dizem que só contratam programadores experientes e com certificações, etc. Quero muito entrar na área mas não sei o que devo focar. Que conselho me daria ?
    Desde já agradeço. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emerson, a área de informática é ampla, decida primeiro que profissão você quer seguir. Quanto ao melhor caminho, também não sei, mas as dicas deste artigo poderão lhe ajudar! Desenvolvimento normalmente tem mais oportunidades, então se vc tiver afinidades com a profissão, pode ser uma boa escolha para o início. Se você não sabe ainda qual profissão seguir, pesquise, faça cursos naquelas que vc acha q vai se dar bem... aos poucos isso vc descobrirá!

      []s

      Excluir

 

Meus últimos Links Favoritos

Suporte remoto alunos

Seguidores

Meu One Drive (antigo Sky Drive)