Social Icons


Aprenda Oracle investindo pouco, por assinatura, no "Portal ABC do Oracle"

22 de set de 2010

DEFERRABLE CONSTRAINTS para otimizar cargas de dados


     
     Um recurso muito interessante, mas pouco utilizado em constraints, é o de constraints postergáveis (adiáveis) ou DEFERRABLE CONSTRAINTS.
   
     Por padrão, CONSTRAINTS são validadas (aplicadas e verificadas) no momento em que uma instrução DML (INSERT, UPDATE ou DELETE) é executada no Banco de Dados. No caso de uma instrução INSERT, por exemplo, no momento em que ela é executada, se um valor fornecido para uma coluna que tenha uma CONSTRAINT for um valor que viole a regra ou condição imposta pela CONSTRAINT, a instrução irá retornar um erro. Deste modo, sempre que uma instrução violar uma CONSTRAINT ela irá gerar um erro "imediatamente", ou seja, a instrução será validada sempre no momento de sua execução.
   
    É possível postergar ou adiar a validação da CONSTRAINT para o momento do término da transação em que uma instrução está contida. Em outras palavras, quando temos DEFERRABLE CONSTRAINTS, a validação da CONSTRAINT só ocorre no momento em que a transação finalizar (após um COMMIT ou ROLLBACK). Uma transação poderá conter múltiplas instruções. Não importa quantas instruções ela tenha, se a CONSTRAINT for postergável, ela será validada somente no término da transação.
   
    DEFERRABLE CONSTRAINTS são úteis em casos tais como:
         
          1- Na atualização de 2 tabelas que possuem relacionamento, onde precisamos incluir uma linha nova, primeiro na tabela que contém a chave-estrangeira (tabela filha) e depois na tabela que contém a chave-primária do relacionamento (tabela mãe).
       
            Ex.: INSERT INTO EMPREGADO (ID, NOME, DEPARTAMENTO_ID) VALUES (103, 'FÁBIO PRADO', 23);
                 INSERT INTO DEPARTAMENTO (DEPARTAMENTO_ID, NOME) VALUES (23, 'TI');
                 COMMIT;
  
    
            Obs.: Neste caso, considerando que existe uma DEFERRABLE CONSTRAINT de chave-estrangeira na coluna DEPARTAMENTO_ID da tabela EMPREGADO referenciando a coluna ID na tabela DEPARTAMENTO, a transação contendo as 2 instruções INSERT seria executada com sucesso. Se a CONSTRAINT fosse criada no modo padrão (imediato), ao executar a primeira instrução INSERT (na tabela EMPREGADO) um erro ocorreria.
               
          2- Na inserção de dados em massa. Ao submeter comandos para inserir, por exemplo, milhares de linhas em uma tabela, o processo de inserção ocorre mais rápido se a checagem das constraints for executada somente no final, de uma única vez.
          
    Ao criar uma CONSTRAINT do tipo DEFERRABLE é possível definir que a postergação da validação esteja inicialmente desabilitada, ou seja, ela será validada imediatamente, no momento da execução de uma instrução (não no final da transação).    
        Ex.:
      CREATE TABLE EMPREGADO (            ID NUMBER,
            NOME VARCHAR2(30),
            DEPARTAMENTO_ID NUMBER,
            CONSTRAINT EMP_PK PRIMARY KEY (ID),
            CONSTRAINT EMP_DEPTO_FK FOREIGN KEY (DEPARTAMENTO_ID)
              REFERENCES DEPARTAMENTO (DEPARTAMENTO_ID)
              DEFERRABLE INITIALLY IMMEDIATE);


    ou é possível definir que ela esteja inicialmente habilitada, ou seja, que ela será validada somente no término da transação:
   
      CREATE TABLE EMPREGADO (            ID NUMBER,            NOME VARCHAR2(30),            DEPARTAMENTO_ID NUMBER,             CONSTRAINT EMP_PK PRIMARY KEY (ID),            CONSTRAINT EMP_DEPTO_FK FOREIGN KEY (DEPARTAMENTO_ID)             REFERENCES DEPARTAMENTO (DEPARTAMENTO_ID)            DEFERRABLE INITIALLY DEFERRED);

    A qualquer momento é possível alterar o "comportamento" DEFERRABLE da CONSTRAINT:

            a) Se for desejado alterar para validar imediatamente (sem postergação):
                    SET CONSTRAINTS EMP_DEPTO_FK IMMEDIATE;           
             
            b) Se for desejado alterar para validar somente no final da transação (com postergação):
                    SET CONSTRAINTS EMP_DEPTO_FK DEFERRED;
  



Bom pessoal, por hoje é só!

[]s

14 comentários:

  1. Colega, obrigado pelo post, estou estudando para concurso e tinha uma questão com esse comando e nunca tinha puvido falar.
    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, em qual concurso caiu questão sobre este assunto?

      Excluir
  2. Excelente post. Claro e objetivo! parabéns!!

    ResponderExcluir
  3. Explicação direta. Simples e eficiente!!

    ResponderExcluir
  4. Fábio, sua didática impressiona pela simplicidade e eficiência. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Explicação extremamente clara.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  6. Cara, post sucinto e muuuuiito útil.
    Me auxiliou a contornar processo de carga entre ambientes.
    Parabéns.

    ResponderExcluir

 

LINKS ÚTEIS

Suporte remoto alunos

Seguidores

Meu One Drive (antigo Sky Drive)