Social Icons

31 de dez de 2016

Certificações, o que são e como obtê-las? Elas são anjos ou demônios?


Olá pessoal,

     No artigo de hoje vou abordar um assunto bastante polêmico na área de TI: as certificações.  Por ser um assunto polêmico, resolvi também dar um nome polêmico a este artigo. Explicarei ao longo dele o que são as certificações, como se preparar para obtê-las e minha opinião sobre elas serem boas ou ruins.

     Primeiramente vamos definir o que é certificação. Segundo o dicionário Michaelis Online, certificação é o "Ato ou efeito de certificar(-se) a exatidão de alguma coisa", e certificar, por sua vez, significa "Afirmar ou provar a (alguém) a certeza de; atestar". Em outras palavras, podemos dizer que, se um profissional obteve uma certificação em banco de dados emitido pela Oracle Corporation, como por exemplo, a certificação OCP Database, a empresa certificadora está atestando que aquele profissional possui conhecimentos em bancos de Dados Oracle. Desse modo, podemos entender que aquele profissional possui bons conhecimentos em bancos de dados, e está apto para atuar no mercado de trabalho como um DBA, por exemplo. Está correto este entendimento? Hmmmm... aí é que mora o problema! Nem sempre isso é verdade, por isso muitos profissionais abominam as certificações e ousam dizer que elas não servem para nada. Agora vamos começar uma looooooonga história...

  
     Começarei explicando como um profissional ou estudante normalmente se prepara para obter a certificação desejada. Existem várias formas de se preparar para uma certificação, mas normalmente as pessoas escolhem no mínimo 2 das 4 alternativas que vou apresentar abaixo. Eu recomendo que você estude todas elas se for iniciante, ou as 3 últimas se já for um profissional experiente:

          1- Participando de um ou mais curso(s) preparatório(s):
              Se a pessoa é leiga ou iniciante naquilo em que irá se certificar e tem recursos financeiros para arcar com os custos de um curso presencial ou online, por que não aprender com as explicações e ensinamentos de alguém que possuiu mais conhecimentos e experiência, e que irá lhe ajudar (e muito) neste processo? Neste blog, por exemplo, você irá encontrar diversos treinamentos em videoaulas (Ex.: Aprendendo SQL e Administrando Bancos de Dados Oracle) que poderão te ajudar a obter as certificações OCA/OCP Database. Tome cuidado com as "furadas", pois existem por aí muitos sites/blogs que vendem através de boas estratégias de marketing, suas "fórmulas mágicas" em forma de cursos, que praticamente não te ajudam em nada devido à má qualidade do conteúdo ou didática ruim de quem está ensinando. Desconfie quando a propaganda tiver frases de vendas muito apelativas ou que prometem que irão mudar a sua vida!

          2- Lendo livros, apostilas ou documentações, materiais pesquisados em sites/blogs diversos:
              Existem no mercado muitos livros preparatórios para certificações e também muitos artigos ou vídeos em blogs que podem te dar dicas valiosas sobre o que fazer ou estudar para obter sucesso em uma certificação.  Aqui neste blog, quando você puder, sugiro que você assista ao vídeo Tudo sobre as Certificações OCA/OCP no Oracle Database 11G e 12c. Uma boa fonte de estudo que eu também utilizo muito, é o site do fabricante daquilo em que quero me certificar. Ao se preparar para certificações da Oracle, por exemplo, pesquise a rica documentação online dela, a partir do link Oracle Help Center.

          3- Estudando simulados ou braindumps:
              Estas são 2 fontes de estudos valiosas para a certificação que a maioria das pessoas utilizam, porém a segunda é ilegal, de baixa qualidade, e pode muitas vezes te prejudicar. Simulados são materiais preparados por empresas sérias, em forma de testes com perguntas, respostas e boas explicações. São excelentes e eu digo que sem eles é muito mais difícil (mas não impossível) passar em um exame de certificação. Já os braindumps ou apenas dumps, como são mais conhecidos, são materiais produzidos normalmente por sites ilegais, que os produzem copiando o modelo de um simulado, porém com questões mais parecidas ou idênticas às dos exames reais (estes sites obtém muitas questões dos exames oficiais das certificações de forma ilegal), e com respostas muitas vezes erradas, além de explicações incompletas ou também erradas. Para descobrir se o material de estudo de um determinado site é dump ou simulado, faça uma pesquisa no site: http://www.certguard.com/Search.asp.

          4- Estudando através de máquinas de laboratório:
              O certificando monta/configura uma máquina host ou virtual para testar e fixar o conhecimento daquilo que ele aprendeu na teoria nos itens anteriores. Esta é parte prática dos estudos para uma certificação na área de TI. Quem decora dumps normalmente não passa por ela, então a pessoa não aprende "quase" nada sobre o que estudou. Quando chega a hora da pessoa meter a mão-na-massa, normalmente ela fica perdida!
           

     Agora que já sabemos quais são as principais fontes de estudos, vamos descobrir onde está o problema das certificações. Em meu ponto de vista, o maior problema não são elas, mas sim os dumps! Muitos usam eles porque não sabem que são ilegais ou porque não estão nem aí para a sua ilegalidade. Alguns ainda usam os dumps para aprender com eles (pesquisando as respostas e montando labs para testar o que estão aprendendo), porém muitos outros se dão ao trabalho de apenas decorar as perguntas e respostas, e com isso conseguem passar sem muitas dificuldades nos exames de certificação (já vi vários profissionais obterem certificações dessa forma). Resultado: muitos desses profissionais que não aprenderam nada (uma espécie de analfabetos funcionais) conseguem entrar no mercado de trabalho (graças ao decoreba) fazendo um bom marketing das habilidades que não possuem. Como consequência, muitos outros profissionais, principalmente aqueles que são mais experientes e que possuem as tais habilidades, são prejudicados com isso! Este é, ao meu ver, o principal problema que o mercado de trabalho sofre com as certificações, pois com a ajuda de dumps, muitos profissionais conseguem alguma colocação profissional mesmo sem saber (quase) nada sobre aquilo que deveria saber. Nestes casos, o empregador também se dá mal, pois ele acredita que o "contratado certificado" tenha as habilidades necessárias para desenvolver o trabalho oferecido, e muitas vezes, ele demora para descobrir que isso não é verdade!

     Então quer dizer que, depois de tudo isso que vimos acima, inclusive por causa dos dumps, obter certificações é ruim? Muitos profissionais acham que sim e abominam elas. Eu, Fábio Prado, não! Eu gosto muito delas e vou citar abaixo os meus motivos:
         
         - Motivo 1: Quando eu boto na cabeça que quero obter uma determinada certificação, eu crio uma motivação para estudar coisas novas. Aprender coisas novas não é ruim, correto?

         - Motivo 2: Constatei em uma pesquisa que fiz em 2012, que 35% das vagas para DBAs no site da Catho, exigiam ou davam preferência para profissionais que possuíam certificações Oracle ou Microsoft. Se boa parte das vagas no mercado de trabalho pedem certificações, porque não obtê-las e aumentar desse modo a minha empregabilidade? Meu 1º emprego na área de Desenvolvimento eu consegui graças à uma certificação Microsoft que obtive em 2002. Outros empregos e meu atual trabalho como DBA, também foram conquistados com ajuda das certificações que obtive.

         - Motivo 3: Quando você vai comprar algum produto ou serviço que você não conhece e você tem 2 opções de compra com preços similares, mas uma opção é certificada e a outra não, qual deles você escolheria? Eu, sem dúvida, escolheria aquele que é certificado, pois o risco dele ser pior é menor! Exemplos:
             a) Brinquedo: você tem 2 opções de brinquedos para comprar para o seu filho com preços similares, e apenas 1 deles possui certificado do Inmetro, qual você deles iria comprar?
             b) Faculdade: você quer se graduar em Ciências da Computação e na cidade em que você mora existem apenas 2 faculdades que lecionam este curso. Os cursos tem preços similares, mas apenas 1 deles possui reconhecimento do MEC, qual deles você escolheria?

     Nas opções de compra entre produto ou serviço certificado, quando a gente não tem muita informação sobre aquilo que iremos adquirir, acredito que a maior parte das pessoas optariam por aquilo que é certificado. Acredito também, que não seja muito diferente no mercado de trabalho, quando por exemplo, um Entrevistador que não te conhece está avaliando você e outra pessoa, ambos sem experiência, e apenas você possui certificação! Marketing é a alma do negócio e certificação ajuda no seu marketing pessoal. Não adianta ser bom se você não conseguir "se vender" no mercado de trabalho!

     Os exames de certificação essencialmente teóricos, muitas vezes, não são os melhores métodos para avaliar o conhecimento de um profissional, porém não deixam de ser um método de avaliação. Entre ter ou não uma certificação, eu prefiro tê-la. Invisto meu tempo e dinheiro nelas, e vejo que isso sempre me dá retorno! Nunca me arrependi, pois ao gastar por exemplo, R$ 5.000,00 (com cursos, livros /simulados e exames) no processo de obtenção de uma certificação OCP, e ao conseguir um emprego posterior ganhando R$ 1.000,00 a mais, terei o retorno sobre investimento (ROI) em apenas 5 meses. Isso não é bom em termos financeiros? Normalmente gastamos mais quando estamos obtendo a 1ª certificação. Depois, para atualizá-la, gastamos normalmente muito menos (cerca de 10% do valor inicial).
   
     Aos iniciantes que pensam em obter certificações, deixo abaixo as seguintes informações e recomendações:
          - As certificações mais cobiçadas e valorizadas na área de TI são da Oracle, Microsoft e Cisco;
          - Certificações ajudam, mas experiência vale muito mais. Melhor ter as 2, elas formam um belo par!;
          - Estude bastante e não deixe de estudar materiais orientados p/ a certificação, como por exemplo, livros e simulados;
          -  O tempo dos exames é muito curto. Na maior parte deles você tem pouco mais de 1 minuto para ler, entender e responder cada questão, portanto, não deixe de se preparar através de simulados. Eles são muitos bons para preparar o seu raciocínio e facilitar o entendimento das questões. Sem eles talvez você até consiga responder todas as questões, mas não rapidamente. Já aconteceu comigo de eu estar bem preparado para um exame, mas eu não tinha estudado simulado algum. Resultado: quando terminou o tempo do exame faltavam aproximadamente 30% das questões para responder. Por este motivo, fui reprovado;
          -  Não confie na sorte, confie no trabalho e nos estudos. Tentar a sorte em um exame de certificação estudando pouco ou nada é um tiro no pé! Certamente você irá ser reprovado e perderá tempo e dinheiro;
          -  Jamais tente fazer um exame de certificação com o conhecimento adquirido apenas em cursos (nem mesmo os cursos preparatórios oficiais). O curso te dará uma boa base e facilitará todo esse processo, porém um bom simulado + testes em laboratório é que realmente irão te ajudar a obtê-la.

     Aqui neste blog você viu apenas a minha opinião sobre as certificações. Para mim elas foram anjos! Mês que vem teremos uma sequência deste artigo que será publicada no site DBA BRASIL, com a opinião de vários outros profissionais experientes e renomados, alguns que são contra, e outros que são a favor das certificações. Aguarde! 


Por hoje é só!
Espero que este artigo lhe seja útil!
Se tiver qualquer dúvida ou opinião sobre o assunto, deixe o seu comentário!

[]s
  

6 comentários:

  1. Boa tarde Fabio, estou ingressando nessa area a gora, gostaria de saber quais livros você indica para ajudar nos estudos e livros que ajudam para certificação.

    ResponderExcluir
  2. Fábio, trabalho com TI há cerca 32 anos. Quando comecei não havia nem Windows nem internet. Haviam poucas opções de certificação porém, gradativamente, a medida que surgiam e evoluíam as tecnologias, começou-se a procurar uma forma de se garantir os conhecimentos dos profissionais. Esse foi o início das atuais certificações. Adicionalmente ao que você citou, há empresas que para poderem participar de certos editais, dependem de terem profissionais certificados por ser pré-requisito definido pelo cliente. Há cerca de um ano atrás, fiquei desempregado e, mesmo tendo mais de 20 anos de experiência como Dba Sql Server em várias grandes empresas, não pude participar de alguns processos seletivos devido a não ter certificação. Aqueles que pretendem seguir carreira na área de TI, devem ter a ciência que precisarão se atualizar na tecnologia que pretenderem se especializar com frequência cada vez maior. Como você citou, apenas estudar para passar na prova pode até ser solução para conseguir a certificação porém, não garante que, quando for aplicar o conhecimento, terão a experiência necessária. A solução que considero mais correta, como você também citou, são cursos que não só tenham em seu conteúdo programático teoria, mas também a prática. Hoje, o uso de máquinas virtuais é muito recomendado devido as facilidades existentes. Pessoal, posso comentar a respeito dos cursos de Oracle que o Fábio disponibiliza. Eu mesmo estou fazendo o de PL\SQL e conheço muitos Dbas Oracle que fizeram os cursos e me deram um ótimo feedback.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulloto, muito obrigado pelos comentários.

      Aproveito para deixar uma informação adicional com relação ao que você comentou sobre determinadas empresas terem profissionais certificados para poderem participar de licitações. Isso é verdade e eu mesmo fui contratado uma vez por uma grande consultoria da área de TI, quando eu era Desenvolvedor, porque ela precisava de N profissionais certificados em Dot Net para participar de uma licitação de uma empresa estatal. Mais uma situação em que as certificações me ajudaram!

      []s

      Excluir
  3. Olá Fábio,
    Acompanho seu blog e site e sou DBA Oracle Júnior com a certificação Oca 11g.Pretendo me tornar DBA Ocp.
    Em sua opinião,vale a pena ou é uma boa ideia eu já tentar tirar a certificação Ocp 12c ou seguir o 'fluxo normal' e tirar a Ocp 11g?
    Não tenho curso do 12c,somente aprendizado por conta própria com amigos e na Net.
    Que prova deveria fazer?

    Desde já agradeço a atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson, sugiro já obter a OCP 12c fazendo apenas o exame 1Z0-067. Para obter a OCP 12C é necessário ter feito algum dos cursos listados no link https://education.oracle.com/pls/web_prod-plq-dad/db_pages.getpage?page_id=654&get_params=p_id:249&p_org_id=1001&lang=US#tabs-2.

      []s

      Excluir

 

Meus últimos Links Favoritos

Suporte remoto alunos

Seguidores

Meu One Drive (antigo Sky Drive)